Paraty

Com um relevo característico, estando abaixo do nível do mar o centro histórico de Paraty tem a peculiaridade de ser invadido pelas águas das marés. Em época de mudança de lua quando as marés são maiores, é proporcionado ao nosso visitante um verdadeiro espetáculo, a tomada do centro histórico pela água do mar.
Com seus casarões que datam do século XVIII, o centro histórico de Paraty tem forte influência da Maçonaria em sua arquitetura, um dos sinais (entre tantos) da presença maçônica são os três pilares (cunhais) de pedra lavrada, encontrados em algumas esquinas.

As ruas foram todas traçadas do nascente para o poente e do norte para o sul. Todas as construções das moradias eram regulamentadas por lei, podendo pagar com multa ou prisão, quem desobedecesse as determinações.
O Centro Histórico, considerado pela UNESCO como “o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso” é Patrimônio Nacional tombado pelo IPHAN.